Proteste aponta problemas nos planos 4G no Brasil

Nem todos os Smartphones atuais suportam a tecnologia 4G

Organização afirma que 4G no Brasil é “propaganda enganosa”

Segundo a Proteste, as operadoras vendem celulares por mais de R$ 2 mil e esses mesmos aparelhos se tornarão incompatíveis com o 4G no ano que vem, sem mencionar o fato de venderem planos que não vão entregar a velocidade contratada. Por que será que isso não surpreende?! Se você é antenado em tecnologia e gosta sempre de ter as últimas tendências, e já quer comprar o último lançamento de algum Smartphone para entrar de cabeça no 4G, siga nosso conselho: melhor esperar um pouco mais! Tome fôlego e leia essa matéria até o fim.

A Associação dos consumidores, juntamente com a Associação dos Engenheiros de Telecomunicações (AET), enviaram um memorando para a ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) onde ambas questionam a introdução da rede 4G na internet móvel brasileira. De acordo com a Proteste o lançamento da 4G no Brasil pode ser considerado como uma bela de uma propaganda enganosa já que muitos aparelhos e planos 4G vão operar na rede 3G.

Maria Inês Dolci, que é a coordenadora institucional da Proteste afirma: “Ou seja, depois de assinar o contrato de fidelidade com a operadora e se dar conta da limitação, o consumidor que precisa transmitir e receber grande quantidade de dados se sentirá enganado”.

4g anatelEm resumo, os gadgets que não operarem em 2,5 GHz ou 700 MHz(essa são as frequências padrão para o 4G determinadas pela Anatel para o Brasil, sendo que a primeira tem um desempenho menor que a segunda), funcionará apenas na rede 3G. O que pega é que não é só esse o problema: as operadoras já estão vendendo aparelhos “4G” que não funcionam a 700 MHz. Assim, quem comprar esses aparelhos achando que vai utilizar a rede 4G na velocidade máxima permitida, além de não conseguir, terá que comprar outro Smartphone caso queira desfrutar dessas velocidades. A solução é muito simples, não compre nenhum aparelho 4G por enquanto, simples assim.

Atualmente no mercado existem 11 aparelhos homologados pela ANATEL que são vendidos como 4G, só que os mesmos não operam nas freqüências corretas, ou seja, 2,5 GHz ou 700 MHz. Por isso, sugerimos que você guarde seu dinheiro e não caia nessa roubada!

Tags:

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: