Google entra na briga com Facebook pelo Waze

O valor das propostas já alcança a casa dos bilhões de Reais.

Dois gigantes da internet estão em pé de guerra e o motivo é o aplicativo Waze

Primeiramente, o que é Waze? É um aplicativo israelense de navegação (GPS) coletiva gratuita, que pode ser utilizado em aparelhos Smartphone.  Ele funciona através de orientações de voz e o próprio usuário pode ajudar a atualizar o aplicativo através de suas rotas e gerando relatórios do tráfego em tempo real. Esse aplicativo está em constante crescimento e atualização através de sua comunidade fiel de usuários.

Voltando a notícia, algum tempo atrás, o Facebook demonstrou grande interesse na compra do Waze, mas para atrapalhar os planos do gigante das redes sociais, o Google resolveu que também queria adquirir o aplicativo.

waze network

Exemplo de mapa gerado pelo Waze

Segundo a Bloomberg, muitas empresas estão interessadas no Waze e se de fato a empresa for vendida, os valores passarão da casa do US$ 1 bilhão. Ainda conforme a Bloomberg, essas cifras só ficaram tão altas depois do Facebook tornar público o interesse de compra, acirrando a concorrência. Ainda nenhuma empresa fez uma oferta que de fato seja capaz de fechar o negócio, portanto o Waze pode escolher continuar independente.

waze perfil usuarios

Perfil dos usuários que utilizam o Waze

Mas no final das contas qual a vantagem de comprar o Waze? Bom, uma delas é o fato dele operar em cima de informações do usuário, além do que ele possui um algoritmo que verifica a velocidade do seu carro e determina se o transito está ou não congestionado. Além disso, o Waze tem mais de 20 mil usuários, imagina o “boom” que seria se juntasse esses usuários com os do Facebook ou se isso fosse adicionado do já conhecido Google Maps?

O que você acha? Quem leva o Waze? E o comprador, fará uma boa compra?

Tags:

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: