Google dará US$3,14 milhões para quem invadir o Chrome OS

Evento será realizado em Vancouver no Canadá.

Prêmio milhonário para quem descobrir falhas

Prêmio milhonário para quem descobrir falhas

Semana passada o Google anunciou a terceira edição do Pwnium, a competição que a empresa realiza para achar brechas de segurança em suas aplicações. O evento é aberto e os usuários que acham falhas são premiados com grandes somas em dinheiro. O valor total que o Google gastará em prêmios este ano será US$3,14 milhões.

Apesar de ser um grande montante, ele não será pago a apenas uma pessoa e sim a cada indivíduo que descobrir problemas no Chrome OS. Quem descobrir uma falha temporária ganhará US$110.000,00 e para os hackers que encontrarem falhas de sistema (mesmo na inicialização) o valor será de US$150.000,00. O Pwnium será realizado no dia 7 de março na cidade de Vancouver, Canadá.

A única regra que todos os participantes devem seguir é realizar todo esse processo em um notebook da Samsung modelo 550, contando apenas com a conexão WiFi.

Este tipo de ação da gigante das buscas não é nova e tem sido constantemente empregada visando a segurança do seu browser, o Chrome. Esta entretanto é a primeira vez que vemos um concurso que visa melhorar a segurança do sistema operacional Chrome OS. Apesar de não equipar muitos notebooks, este passo é importante no sentido de melhorar a qualidade e segurança do produto.

Por fim, vale frisar que pagar três milhões para testes de segurança é muito pouco dinheiro para o Google e uma boa quantia para os usuários. Outra vantagem deste tipo de teste é o de descobrir falhas dentro de um ambiente controlado, o que possibilita que o mesmo seja resolvido antes que o hacker mal intencionado o descubra e torne os gastos com reparos muito maiores.

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: