Falha no Windows é descoberta pelo Google

Mais um capítulo na briga entre as duas empresas

Um engenheiro do Google foi o responsável por encontrar a falha

falha no windows XPTavis Ormandy, engenheiro do Google, descobriu uma falha de segurança no Windows que afeta as versões 7 e 8. Essa falha faz com que alguém mal intencionado possa explorar qualquer usuário local e ganhe privilégios nessa conta. Segundo Tavis, essa ameaça não é tão crítica e tão grave quanto outras que já foram descobertas. Para quem não sabe, Tavis já ajudou a Microsoft ao descobrir um erro grave no Windows XP, mais precisamente na Central de Ajuda e Suporte do sistema operacional. Só que dessa vez o engenheiro do Google não quer saber de ajudar a empresa do Bill Gates (ou ex-empresa melhor dizendo), segundo o site Seclists. Leiam o que o rapaz falou: “Não tenho tempo para trabalhar em códigos bobos da Microsoft”.

Um texto foi publicado no blog de Tavis Ormandy, onde ele relata que o bom é reparar as falhas do Windows de modo anônimo: “é muito difícil trabalhar com eles. A Microsoft trata os pesquisadores de vulnerabilidades com grande hostilidade”.

Toda história tem sempre dois lados e vamos então contar um pouco sobre o o outro lado.

Graham Cluley, que é o consultor sênior de tecnologia da empresa Sophos, enviou um e-mail ao site The Verge que continha o seguinte relato: “Geralmente, o time de segurança da Microsoft faz um excelente trabalho, os ‘pesquisadores de vulnerabilidade’ devem trabalhar próximos à Microsoft para consertar os problemas de modo responsável”.

O porta voz da Microsoft informou ao site Computerworld que “estamos cientes das reivindicações feitas em relação a uma potencial falha que está afetando o Windows. Nós vamos tomar as ações apropriadas para proteger nossos clientes”.

Falando sério, descobrir falhas no Windows? Poxa, mas não seria mais lógico ele descobrir como diminuir a incrível e crescente quantidade de vírus do Android?

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: