Desvendando Profissões 01 – Analista de SEO

Para aqueles que querem entender o que é um Analista de SEO e como seu dia a dia funciona, assistam o vídeo abaixo onde entrevistei o Daniel Imamura.

Transcrição do video

Introdução

Desvendando profissões - Analista de SEO

Desvendando Profissões – 1

Vinícius – Olá mochileiros, meu nome é Vinicius Miranda e esse é o primeiro Desvendando Profissões. Antes de começar, vou explicar o que é o Desvendando Profissões. Eu trarei vários profissionais das mais diversas áreas para uma entrevista, para vocês conhecerem o dia a dia 
dessa pessoa. Hoje em especial, trouxemos um já participante do MochileiroCast que é o 
nosso querido Daniel Imamura.

Daniel – Fala pessoal! Prazer estar aqui no primeiro Desvendando Profissões, hoje eu vou falar um pouco da minha
profissão. Não o Diretor de Marketing que é como estou atuando, mas o que todo mundo me
 conhece aí no mercado que é Analista de SEO.

Vinícius – E agora vamos fazer uma apresentação rápida aqui. O Daniel vai falar um pouco sobre o
 que ele faz hoje, como que tudo isso começou, vamos iniciar então: 
O que você faz hoje?

Daniel – Hoje eu estou como Diretor de Marketing no portal imobiliário chamado ZIMP, é uma 
startup que não tem ainda nem um ano de vida. Eu entrei para esse projeto graças a minha
 profissão base, que é o Analista de SEO.

Respondendo sua pergunta de como tudo isso começou.
 Eu sempre gostei de internet, essa questão de informática. Eu comecei fazendo um curso
 técnico de informática, onde aprendi a programar, arrumar alguns computadores então entrei
 nessa área de tecnologia. Chegando na faculdade depois de já ter passado por diversas
 profissões como: Analista de Suporte, Analista de Sistemas, eu cai na área de desenvolvimento
 Web numa agência digital aqui de São Paulo, e dentro da agência existiam várias áreas e eu 
estava na programação, mas fui convidado a me especializar nesse tal de SEO.

O que é o SEO? 
É a sigla de Search Engine Optimization que traduzindo para o português é a otimização de
 sites para mecanismos de busca. Tipo: Google, Bing ou Yahoo.

Eu já tinha blog na época, mas nem fazia ideia de que isso existia, mas a agência foi lá e pagou
 um curso para eu fazer. Eu procurei na internet qual que era o melhor curso sobre SEO e 
encontrei o curso da Mestre SEO, agora ela se chama Agência Mestre. Fui lá, passei dois dias fazendo o curso, e foi muito bacana. Me apaixonei por SEO, era legal, os meus conhecimentos
 de programação se encaixavam perfeitamente, além de ter uma pegada muito relacionada a
marketing, que eu sempre quis. Embora minha formação seja engenharia da computação, eu sempre tive essa levada um pouco mais para o marketing.
 E foi a hora que eu encontrei um segmento dentro da informática, que junta o técnico com o 
marketing. Então eu segui daí para frente.

Vinícius – Você se realizou nessa nova profissão que você quis seguir?

Daniel – Ali eu me encontrei, foi em 2010 e eu comecei a estudar bastante. Tudo que eu via no
 curso relia, escrevia um post no meu blog. Eu tinha um post para cada tópico que eu estudava
 com o resumo dos meus estudos. E eu defini ali uma meta! Eu queria trabalhar na mesma 
agência que eu fiz o curso, lá na Mestre.

Vinícius – Que era a mais conhecida, e que é a mais conhecida aí no mercado!

Daniel – Exatamente, em 2010 eu tracei um objetivo que eu queria trabalhar nessa agência e queria
 dar o curso que eu aprendi tudo, então eu comecei a traçar um passo a passo desde 2010 até
 2012, que foi quando eu consegui finalmente entrar lá na Mestre. Eu peguei e trabalhei quase
 um ano nessa agência que estava, depois eu sai e fui trabalhar na Level Up, que é da área de
 jogos, para quem curte games alguns games são Combat Arms, o Ragnarok, esta é a empresa
que cuida dos servidores aqui no Brasil. Fiquei mais um período lá, aprimorando os meus
conhecimentos, porque eles tinham muitos sites, então eu trabalhava num segmento muito
 competitivo que são de jogos online e no meio desse tempo, apareceu uma vaga na Agência
 Mestre.

Então em 2012, eu fui convidado para entrar no time da Mestre.
 Pouco tempo, uns quatro, cinco meses depois de entrar na Mestre SEO, eu fui convidado a ser
 palestrante do curso. E ai foi a realização do meu projeto de vida profissional.

Vinícius – Você conseguiu chegar até onde queria?

Daniel – Exatamente, foi até antes do que eu imaginava, achei que ia demorar muito mais tempo
para trilhar esse caminho até chegar ali para ministrar o curso que eu tanto queria. Mas deu 
tudo certo, digamos de forma super acelerada, em menos de três anos, eu sai de um 
programador para um dos Analistas de SEO mais conhecidos pela internet, porque o curso
 além de presencial, virou online.

Vinícius – Hoje você já é uma referência, certo? Por exemplo, colocando no Google “Analista de
 SEO”, você é um dos primeiros a aparecer lá.

Daniel – É sou logo um dos primeiros para este termo, foi logo um dos primeiros cases que fiz, eu 
fiquei trabalhando para ficar bem posicionado como Analista se SEO. As pessoas vêm todos os
 dias, mandam perguntas, eu ajudo como posso. Foi através de uma dessas pessoas que me
 encontram pela internet, que eu conheci o pessoal do ZIMP e eles me contrataram a princípio
 para prestar uma consultoria e depois de prestar consultoria por alguns meses, fui convidado a
 ser sócio e fazer parte do time da empresa.

Passei um período pensando em como seria “largar” o meu sonho, pois estava por vários
 meses a frente do curso.

Vinícius – Palestrando mesmo?

Daniel – Palestrando… fiz alguns eventos também por aí, estava realizado, achando que eu estava
 no meu auge. Só que eu vi, trocar de, digamos, segmento, deixar de ser só SEO e partir para 
ser um Diretor de Marketing do ZIMP, ia abrir muitas portas. E realmente têm aberto, até
 porque eu consegui ampliar muito a minha visão, o foco que antes era só SEO com o passar dos anos começou a virar mais marketing do que só técnicas pra ficar bem posicionado no
Google, começando a expandir para um leque de opções muito maior. Hoje o foco dos meus
 estudos é no marketing em geral para alcançar bons objetivos na empresa em que estou
 atuando.

Vinícius – Até para você chegar, onde você esta agora… Como que você planejou tudo isso?

Daniel – Eu listei tudo o que eu precisava dominar, todos os pontos do SEO que precisava dominar e
 estudei um por um.

Vinícius – Mas isso você viu em algum lugar?

Daniel – Eu me baseie pelo curso que fiz, esse foi o primeiro passo. Eu vi todos os tópicos que foram
 apresentados no curso e sai estudando tópico por tópico muito mais a fundo. Porque SEO é
 muito amplo, dois dias de curso você tem um mega overview, você consegue ter uma noção,
 mas como você não tem vivência ainda, algumas coisas ficam meio abstratas, então você tem 
que pegar, estudar e na área de SEO não tem jeito, são teste e mais teste. 
Você testa uma técnica no seu site, aí de repente você cai, ai você fala: “Errei!”. E faz de novo.

Vinícius – Isso você fala, cair na busca orgânica do Google, Bing…

Daniel – Isso, só pra saber a diferença: O trabalho de SEO são para aqueles dez primeiros
 resultados, os dez resultados ali na página do Google, sem ser aqueles de amarelinhos que são
 links patrocinados.

Vinícius – Se eu digito alguma coisa no Google, aqueles dez primeiros são onde você trabalha para as
pessoas? Para que os principais sites fiquem aparecendo!

Daniel – Exatamente, porque ali é o que a gente chama de busca orgânica. Os sites que estão ali são
 porque o algoritmo os considerou como os melhores e eu faço de tudo para o site que cuido serem o melhor e ficar bem posicionado para aquela palavra.

Voltando como eu cheguei lá, como tracei esse caminho. 
Eu fui estudando tópico por tópico, fui criando os posts e criando cases. Tanto que, Analista de
 SEO, quando o pessoal procura, porque eu estou em primeiro? Porque eu trabalhei durante
 dois anos no mínimo para chegar lá. Criando conteúdo, fazendo a parte de linkagem interna
 (para quem já estudou um pouco de SEO, vai ver bastante essa questão) que é a aquisição de 
links do seu site, também trabalhei a questão de otimização do site para ele ficar rápido e por
ai foi… Estudando tudo isso. 
E não somente, eu tive que buscar referências lá fora. O SEO é muito mais forte na Europa ou 
nos EUA, principalmente nos EUA, e tem empresas lá referências no mercado. Um exemplo: a
 antiga SEO MOZ, hoje é só a Moz.com, lá tem o Rand Fishkin que faz vídeos que dão umas
 sacadas muito boas, que vale a pena parar na sexta-feira para ver, que é o Whiteboard Friday.
 Toda sexta-feira eles lançam um vídeo e eu vou lá e assisto, acompanho os posts no blog e 
diversos outros profissionais dos EUA, porque muitas das coisas do Google, são lançadas
 primeiro lá e depois elas são espalhadas para o mundo inteiro. Teve um tempo atrás, um algoritmo que ele foi lançado seis meses antes no EUA e depois ele
afetou o mercado de busca brasileiro. Então os brasileiros que estavam antenados viram o
 impacto que deu no mercado americano, como mexeu na busca e tiveram seis meses para
 arrumar seus sites. Quando o algoritmo se espalhou pelo mundo inteiro, a versão do algoritmo
se atualizou e eles não sofreram tanto. Se eu não estou enganado, lá nos EUA as buscas mudaram 12%, 12% das buscas não estavam mais da “forma” que normalmente elas aparecem. Quando o algoritmo chegou no Brasil, foi 1% só das buscas que acabaram sofrendo grandes variações. Os profissionais de SEO ficaram ligados e fizeram a lição de casa.

Vinícius – Nesse tempo que você passou, você deve ter aprendido baste coisa, muitas referências…
 Além do curso da Mestre que você fez, o que mais você buscou de referência pra conseguir
 alavancar nesse mercado? Até chegar a palestrar, eu vi que você foi na LocaWeb?


Daniel – Primeiro, participar ativamente da comunidade. A gente realiza muitos teste como eu já 
falei, e é muito importante compartilhar esse testes com outros profissionais. Porque alguns 
testes que você realiza no seu site ou para o seu nicho de atuação, às vezes, não funcionam tão
 bem para outro nicho ou o que você fez se encaixa em outro nicho. Então, você deve ter uma
 comunidade ativa, participar é bom para você aprender mais coisas.

Vinícius – Até para separar um pouco da parte desde onde você veio de programação e depois SEO.
 De programação, qual livro assim você acha que o pessoal que está começando e quer se
 formar em programador, até para enfrentar um novo desafio, numa agência digital como você
 passou por isso. Tem uma diferença pra quem quer seguir a parte de sistemas e a parte de
sites?

Daniel – Sim, tem uma diferença nessa área de programação. Uma sequência de livros bem bacana,
 que eu recomendo é: Use a Cabeça (tem para varias linguagens de programação), então eu
 recomendo, seja ela para PHP, C#, comprar um desses livros para compreender um pouco 
melhor a questão da programação. Eles partem de um nível bem básico, e vão avançando, até
 um ponto bem legal, digamos, você já sai programando de verdade e isso vai facilitar muito a
 vida de alguém que quer trabalhar com SEO. Por quê? As pessoas que fazem alteração, a s
alterações que o analista de SEO pede, são os programadores, então a partir do momento que
 você sabe programar, você fala a mesma língua que eles. Então, coisas que você achava
 impossíveis você descobre que não são, e coisas que você sabe que são fáceis o programador
 não vai querer te passar a perna, falar que é muito difícil, etc. Muitas vezes, eu cheguei a botar
 a mão no código, fazer eu mesmo a alteração. Outra coisa, que o pessoal tem que também
 estudar, por ser parte web, é HTML, ele é a base para o trabalho de SEO, a pessoa tem que
 estar com o HTML bem em dia, afiado. A construção de um bom site faz parte do seu HTML.

Avançando agora para livros referente a SEO: Tem um livro clássico que é a Arte de SEO, ele 
tem um beija-flor na capa, ele é um livro bem clássico da comunidade, dos profissionais, a
 grande maioria já leu e conhece bem. Também tem o Guerreiro SEO, é um livro ai que o 
pessoal fala que está um pouco desatualizado, mas tem muito da base, do conceito, por mais 
que tenham mudado os algoritmos a base do SEO é sempre a mesma, que é construir um site
 de qualidade e ali tem muitas dicas boas. E para o pessoal que já esta habituado a ler coisas em inglês tem o livro da MOZ que se chama Inbound Marketing que te dá uma visão não só do 
SEO, mas de marketing em geral que você pode aplicar nas suas estratégias de SEO.

E agora um último livro que eu li dessa área, é o Planos de Marketing do Malhotra. Ele me
 ajudou muito nesse novo desafio aí como Diretor de Marketing, a criar, elaborar um bom
 plano de marketing para a empresa, e com isso eu tracei o que vou fazer daqui pra frente,
 como que vou mensurar, quais os produtos que eu devo criar, quais que eu devo realmente
 manter, quais que de repente eu tenho que abandonar, esse livro ajuda muito sobre como
 conduzir um marketing numa empresa. Então, recomendo.

Vinícius – Até para entender um pouco melhor, como que funciona isso na pratica? Você falou das
 referências, dicas para o pessoal. Mas como que é seu dia a dia? O que você faz? Você chega 
na empresa e o que tem que fazer? O SEO e a parte de marketing digital que você assumiu no 
ZIMP.

Daniel – A parte de SEO propriamente dito, eu tenho que pegar… Vamos supor, se eu peguei um
 projeto do zero, eu vou primeiro validar todo o HTML do site, ver se não teve nenhum
 problema na construção, tem algumas regrinhas básicas que a gente tem de seguir e que ajuda 
os mecanismos de busca a compreender melhor o conteúdo que está naquele site. Depois eu 
posso validar a questão dos servidores, saber se o servidor está respondendo rápido quando
alguém quer abrir um site. O tempo de carregamento do site é um dos fatores de
 ranqueamento, também posso analisar a questão de redirecionamentos, esse é um ponto
 mais avançado, as vezes a gente vê uma página que pisca, jogar para outra e isso a gente fala 
que são redirecionamentos. Quando você parte de uma plataforma para outra de forma
 automática, também tem que fazer uma análise, se esses redirecionamentos estão sendo do
 tipo correto, as vezes acontece um redirecionamento que a gente fala “Movido
 temporariamente”.

Por exemplo, eu estou fazendo uma nova área do meu site, os visitantes
que acessam essa área eu não quero que vejam agora porque estou mexendo nela, então
 daqui a uma semana ela vai voltar para o ar, a gente manda temporariamente eles para outra
 sessão do site, ou pra home ou qualquer coisa que seja. Aí este é o redirecionamento que a
gente chama de temporário. Às vezes eu elimino uma área completamente do meu site e faço
 a pessoa que acessa essa área, ir para a home por exemplo, e na home a gente faz o redirecionamento 
permanente. Às vezes, eu ficou olhando essas questões. Criar estratégias de conteúdo para ter 
um site de qualidade também faz parte do trabalho se SEO, antigamente não fazia era 
somente a parte técnica do código e servidor.

Vinícius – Mas o SEO também escreve?

Daniel – Não necessariamente escreve, você pode escrever se tiver essa facilidade, ótimo, bom pra 
você, um diferencial a mais.
 Só que quando você trabalha numa estratégia muito grande, você depende de produzir muito,
 você têm que ter profissionais que são capacitados para escrever um texto, então cabe as
 vezes também ao profissional de SEO dar um treinamento para a equipe de conteúdo, para
 que a equipe produza um conteúdo bom e que ainda seja bom para o mecanismos de busca.

Tem algumas técnicas que a gente fala que é webwriting (escrever para web), que ajuda bastante essa questão da usabilidade do texto e entendimento do Google. E ai, é basicamente
isso.

Vinícius – E nessa parte de Marketing que você foi agora como Diretor, assumindo esse novo desfio
 no ZIMP. Como que foi, como é seu dia a dia no nicho? Quando você foi transferido para esse
 novo nicho, que na verdade é um complemento. O SEO complementa essa área, certo?

Daniel – Corretamente

Vinícius – Então o que você teve que fazer? O que você precisou estudar? Além do livro que você
 falou que já leu. Quais foram os desafios para mudar pra dar esse passo? Foi um passo grande
 que você deu!

Daniel – Sim, foi um passo grande. Porque eu sou especialista em SEO, mas o que eu tive que 
prender? A área de links patrocinados, porque querendo ou não, links patrocinados te dá um 
retorno rápido, porque você paga e você aparece no Google. Já o trabalho de SEO é de médio 
a longo prazo então demora meses para você começar a colher os frutos do trabalho que você 
vem semeando diariamente.

Outra coisa que tive de aprender também foi a questão de
 divulgação de uma marca, de meios off-line, fazer parcerias, entender como que funciona isso 
tudo.

Vinícius – Isso é no seu dia a dia? No Marketing Digital.

Daniel – Isso, eu como Diretor de Marketing eu tenho que levar a marca do ZIMP, além do site. 
O primeiro passo foi o SEO, as buscas orgânicas, esse foi o principal motivo para me tornar
sócio do ZIMP. O segundo passo foi orquestrar como que serão as nossas campanhas de links
 patrocinados, rede de display, qual o melhor banner que eu devo apresentar em outros
 portais, sites, blogs por ai, que vão converter mais para o ZIMP, a questão do off-line, quais as
revistas, jornais que eu devo procurar para anunciar. Não é qualquer um, eu devo saber
 exatamente o que converte mais para esse segmento, para poder investir o dinheiro e ter um
 retorno. Então essa questão do ROI (Retorno sobre Investimento) tem que estar sempre na 
ponta do lápis, para você não fazer o investimento errado e acabar “queimando” o seu
 dinheiro ou o da empresa.
 E é basicamente isso, agora que mudou meu dia a dia, eu tirei um pouco os olhos só do SEO e
 estou tendo que ter essa visão mais ampla do negocio.


Vinícius – Legal, por hoje agradeço imensamente a sua participação do primeiro Desvendando 
Profissões. Fica aí o convite para próximos que terão.
 Agora queria que você deixasse ai seus contatos, e-mails…

Daniel – Quem quiser me encontrar é só acessar meu site danielimamura.com.br, lá tem meu
 formulário de contato, podem mandar dúvidas, perguntas e também tem minhas redes
 sociais: fanpage, Twitter, entre outros. Podem dar uma passadinha lá que será um prazer
 ajudar o pessoal a responder as duvidas.

Vinícius – Bom, por hoje é só… qualquer duvida que tiverem pode contatar nosso mestre aqui de SEO
 e Marketing Digital. E qualquer dúvida deixem abaixo.

Obrigada pessoal por terem assistido. Deixem seus comentários, para o que precisamos 
melhorar. Fico a disposição para opiniões de vocês. Até a próxima semana, com mais um Desvendando Profissões. E a semana que vem temos um 
convidado especial que é o dono do Mochileiro Digital, Ubiratan Cunha, falando um pouco
 como é ser um Diretor de Arte e seu dia a dia também.

Obrigado e até a próxima!

Tags:

Um Comentário

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: