Vulnerabilidade pode afetar aparelhos com Android

A vulnerabilidade afeta 90% dos aparelhos ativados desde a versão 1.6 do Android

Em maio, durante um evento promovido pelo Google, a empresa anunciou que já existiam 900 milhões de aparelhos registrados utilizando seu sistema móvel, o Android.

android trojanPara o Google é uma ótima notícia, mas para nós, isso significa que 891 milhões de dispositivos móveis poderiam estar em risco. É isso ai, 891 milhões. Quem relata isso é a Bluebox Security, que de acordo com seu relatório, esse problema é devido a uma vulnerabilidade que permite alterar o código APK de qualquer aplicativo sem qualquer quebra de sua assinatura criptográfica. Traduzindo: isso faz com que o código malicioso passe despercebido pelo Google Play, pelo programas de segurança do celular e principalmente pelo usuário.

Quando esse código malicioso é reconhecido, ele ganha total acesso ao seu smartphone, instalando com ele um trojan que permite ao hacker roubar informações e também ativar qualquer serviço do celular, transformando ele em um “zumbifone”.

Ainda de acordo com a Bluebox, esse problema vem se arrastando desde o Android 1.6, conhecido como “Donut”, que foi lançado há quatro anos. O Google relata que desde fevereiro de 2013 o problema já foi resolvido e que os aplicativos da Google Play estão imunes a esse código. A empresa afirma também que o Samsung Galaxy S4 está fora de perigo, mas que “Google smartphone”, o Nexus, ainda corre perigo de ser prejudicado por esse código malicioso.

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: