ICloud: o jeito Apple de trabalhar na Nuvem!

Quer saber como a Apple vai mudar o mundo da tecnologia de Nuvem? Apresentamos aqui o iCloud, e mostramos como a Apple vai levar isso de um jeito próprio para dentro das nossas vidas!

Uma das coisas que me tornou um fã da Apple de carteirinha foi o fato dela ser uma empresa que define e dita conceitos e tendências inovadores. Ninguém faz tão bem o trabalho de transformar coisas que nunca foram necessárias, ou que eram classificadas como luxos,  ou ideias que seriam talvez consideradas como loucuras, em coisas que se tornam indispensáveis para nosso dia-a-dia. O Ipad por exemplo, se você nunca usou um, meu conselho: FIQUE LONGE DELE! Porque se você se aproximar e usar um, NUNCA MAIS CONSEGUIRÁ VIVER SEM ELE!!!

Bem, com essa apresentação é possível entrar naquilo que o Steve apresentou. Para ele, nos últimos dez anos, nossos computadores pessoais foram o centro de nossa vida digital, onde descarregamos nossas fotos, vídeos e músicas de nossos dispositivos móveis para dentro deles. Mas hoje, com a evolução desses dispositivos (tomem como base o Iphone 4, Ipod touch e a interação com Itunes a App Store), manter todo o nosso conteúdo sincronizado passou a ser uma tarefa desgastante, porque cada dispositivo tem que ter o seu conteúdo sincronizado com o Mac ou PC, e depois ressincronizado para dispositivo novamente. Por isso, a Apple (ou o Steve) optaram por tratar o Mac como um dispositivo na mesma categoria dos portáteis, ou seja, ele não será mais o centro da nossa vida digital. Por isso, aí vai o primeiro conceito importante: Tudo será armazenado na nuvem e sincronizado automaticamente entre todos os dispositivos de maneira automática (fique com isso em mente enquanto lê o restante desse artigo).

Fonte: Site oficial da Apple

E antes de falar do que está indo para a “nuvem”, vamos começar tirando um item importante da frente: Mobile Me já era e deixou de existir a partir do momento em que você começou a ler esse artigo (na verdade, desde a semana passada!!).

Agora, falando do novo, serão 9 aplicativos que serão migrados inicialmente, e 100% FREE. Sim, você leu certo, 100% grátis. Vamos a eles:

  • Contatos: quando se cria um contato novo no Iphone por exemplo, ele é armazenado automaticamente no ICloud e distribuído automaticamente para os nossos demais dispositivos Apple (tanto móveis quanto de mesa).
  • Calendário: o conceito é o mesmo, mas agora permitindo a criação de calendários compartilhados; se eu tenho um calendário com as reuniões da escola das crianças, e esse calendário está compartilhado entre eu e minha esposa, quando eu crio um novo compromisso, ele é carregado no ICloud e distribuído automaticamente para os dispositivos da minha esposa, e vice-versa.

Fonte: Site oficial da Apple

  • Mail: aqui vai mais um bônus, porque todos que tem um AppleID ganharão uma conta “@me.com”. Assim como os Apps acima,  novas mensagens serão distribuídas para todos os dispositivos e as pastas de correio serão sincronizadas igualmente entre todos os dispositivos. E ainda, sem Ads!!
  • Apps Store: os aplicativos comprados no Ipad por exemplo, serão distribuídos automaticamente para os outros dispositivos: os Apps serão adquiridos poderão listados em uma nova categoria no App Store, e com o toque de um botão, serão carregados para o outro dispositivo. Isso vale para aplicativos já comprados, porque os novos serão sincronizados automaticamente entre os dispositivos.
  • IBooks: exatamente o mesmo conceito será aplicado aqui, só que com um adicional: a possibilidade de sincronizar os marcadores dos livros, de forma que se você está lendo um livro no Ipad e tem que sair para trabalhar, é só adicionar um marcador na página em que você parou a leitura, ele será então carregado no ICloud, e distribuído para todos os demais dispositivos, e você poderá, por exemplo, continuar a ler de onde parou no seu Iphone, enquanto vai de trem para o trabalho.
  • Backups: diariamente o ICloud fará uma cópia de todos os seus aplicativos, livros, músicas, fotos e vídeos, configurações e dados dos aplicativos.
  • Documents in the Cloud: será possível manter a mesma versão de documentos atualizada em todos os dispositivos, e pra garantir isso, a Apple disponibilizou APIs específicas para o ICloud, de forma que eles possam aplicá-las na sua programação. Ah, e isso vale tanto para Macs quanto para PCs!
  • Photo Stream: tantos as fotos tiradas com a câmera, ou importadas de outras fontes, serão armazenadas e compartilhadas pelo ICloud. Para isso, um novo menu chamado Photo Stream será adicionado dentro do Aplicativo Fotos de todos os dispositivos (incluindo até o Apple TV!). Aqui vale uma informação importante: o ICloud armazenará apenas as últimas 1.000 fotos tiradas ou carregadas nos dispositivos móveis. Então, para guarda-las permanentemente, elas precisarão ser movidas do Photo Stream para alguma pasta particular sua. No caso dos IMacs e Macbooks, todas as fotos armazenadas serão mantidas, independente da pasta onde estiverem.

Fonte: Site oficial da Apple

  • Itunes in the Cloud: Se uma música for adquirida pelo Iphone, ela será carregada automaticamente em todos dispositivos, SEM CUSTO ADICIONAL

Outras informações importantes:

  • Só para confirmar, tudo que eu mencionei até aqui será 100% grátis.
  • A Apple dará 5 gigas de espaço grátis para armazenar seus e-mails, documentos e backup (e não se preocupe, porque o espaço necessário para armazenar todos os seus aplicativos, músicas livros e fotos não será contado dentro dos 5 gigas!).
  • Um outro serviço (esse sim será cobrado, e custará 24,99 dólares por ano) chamado Itunes Match, se encarregará de comparar toda a sua biblioteca de músicas (adquiridas no Itunes ou ripadas de mídias físicas) com todo o acervo existente no Itunes, e oferecerá os seguintes benefícios:
    • Por não se tratar de um serviço de armazenamento das suas músicas, essa comparação levará apenas alguns minutos (e não semanas – aqui vale uma alfinetada no serviço da Amazon e da Google anunciados recentemente).
    • Somente aquilo que você tem e que não está disponível no vasto acervo de 18 milhões de músicas no Itunes será carregado.
    • As músicas que foram identificadas como existindo na sua coleção e no Itunes poderão ser baixadas gratuitamente no formado 256 kbps ACC e com livre de proteção autoral (DRM Free).

Fonte: Site oficial da Apple

 

3 Comentários

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: