CES 2013: Nvidia anuncia o tão esperado Tegra 4

A CES, maior feira de eletrônicos do mundo, trará os lançamentos e novidades para 2013, e começamos falando dos anúncios da Nvidia.

A CES começa oficialmente amanhã, mas algumas empresas do setor já começaram a realizar suas conferências e divulgar as novidades para este ano. Uma delas e que merece o nosso destaque é a Nvidia, fabricante de placas de vídeo e processadores para dispositivos móveis, incluindo o esperado Tegra 4.

Tegra 4

Sendo aguardado desde o ano passado, o sucessor do Tegra 3 (utilizado nas tablets Asus Transformer, Galaxy Tab 2 e 10.1, Nexu 7 e até no Surface da Microsoft) vem pronto para equipar os dispositivos móveis da nova geração. O processador Tegra 4 vem com uma arquitetura quad-core diferente do seu antecessor desde a sua fabricação. O novo SoC (System on Chip) utilizará a plataforma A15 (o Tegra 3 utiliza a plataforma A9) de 28 nanômetros só que mais densa, para permitir uma melhor performance de cada núcleo, chegando a números de 1,9Ghz, ao contrário dos 1,3Ghz possíveis no Tegra 3. Além disso, haverá um quinto núcleo que rodará em uma frequência menor e que será invisível para os sistemas operacionais, servindo como apoio para os demais.

O Tegra 4 contará com uma GPU de 72 núcleos (o Tegra 3 conta com 12) que suportará o formato de vídeo 4K (superior ao Full HD) e códigos específicos para acelerar a renderização de páginas da internet e aumentar a compatibilidade com WebGL e HTML 5. Outra vantagem ainda sobre o Tegra 3 é a interface de memória, que utilizará padrão DDR3 ao invés do DDR2 utilizado atualmente.

CES 2013 Nvidia Tegra 4

 

A Nvidia anunciou também um modelo de modem programável, o i500 Soft Modem, que permite a configuração livre para qualquer operadora e que será compatível com a tecnologia 4G. Ele poderá ser incorporado ao Tegra 4 para permitir que os dispositivos móveis utilizem essa tecnologia sem a necessidade de placas ou processadores adicionais.

Por fim, foi anunciado também uma nova arquitetura fotográfica computacional. Sim, o nome assusta, mas nada mais é do que uma nova tecnologia que combinará o processamento da CPU, GPU e do ISP (processador de imagens presente nas câmeras de dispositivos móveis) para diminuir em até 10 vezes o tempo necessário para se processar as imagens capturadas pelas câmeras dos dispositivos com o Tegra 4. A Nvidia ainda afirmou que a ideia é elevar o nível dessas câmeras a um patamar superior ao dos câmeras digitais convencionais.

Primeiros Testes

Na conferência, a Nvidia fez um teste simples apenas para mostrar a capacidade de processamento da nova plataforma. Ela colocou lado-a-lado um tablet “modelo” rodando o Tegra 4 e o atual Nexus 10, e os colocou para processar 25 páginas da internet armazenadas em um servidor local, presente no local da conferência. O resultado foi impressionante: a tablet da Google demorou 50 segundos para concluir a tarefa, enquanto que o tablet “modelo” levou 27 segundos. O mais interessante desse teste é que o processador Tegra 4 utilizado não foi o que seria o TOP, porque contou com dois núcleos A15 rodando a 1,7Ghz, até para que a competição fosse mais “justa”, uma vez que o Nexus 10 possui um processador Exynos 5 de dois núcleos também.

ces 2013 nvidia teste

 

Não deixe de acompanhar os outros artigos que vamos lançar com as novidades da CES, inclusive da própria Nvidia.

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: