Superior Homem-Aranha, uma tragédia anunciada?

O que esperar da nova fase do teioso?

Superior Homem Aranha: 1ª Edição, sucesso ou tragédia anunciada?

superior homem aranha

Edição número 1

Para quem lê os gibis da Marvel no Brasil eu já adianto que teremos spoilers nessa matéria.

Nos anos 90 a Marvel acreditou que explorar o Homem-Aranha casado, com responsabilidades como marido já estava sem sucesso, portanto foi criada a odiada (por muitos) “Saga do Clone”. Quem acompanha sabe que essa saga não deu lá muito certo e resolveram abandonar o clone Bem Reilly.

Agora 15 anos depois, quem já leu Superior Homem-Aranha (Superior Spider-Man 1, EUA, publicada dia 09/01/13), acredita que essa estória terá o mesmo fim que a Saga do Clone.

Entendendo a saga

Você que nos acompanha, obviamente já sabe que ouve uma grande reviravolta na vida de Peter Parker. Dr. Octopus estava prestes a morrer e iniciou um plano para trocar de corpo com Peter Parker, sendo assim a consciência e a memória de Otto foi para o corpo de Peter e as memórias e consciência de Peter para o corpo de Otto, fazendo com que ambos tivessem acesso às memórias do outro.

O Aranha (Peter), preso no corpo agonizante de seu inimigo, tentou reaver seu corpo sem grande sucesso. Causando assim a morte de sua mente juntamente com o corpo do Dr. Octopus.

Otto tem acesso a todas as memórias de Peter, como sua vida com a MJ, o assassinato do tio Bem entre outros fatos marcantes da vida do herói. Tudo isso o faz compreender que “Com grandes poderes vem grandes responsabilidades”. Sendo assim o fato de ter ganhado uma segunda chance de viver deve-se ser usado para fazer o bem.

Edição número 1

Nesta edição a dupla Dan Slott (roteirista) e Ryan Stegman (desenhista) procuram definir a personalidade do novo herói. Um exemplo disso é que Otto criará um equipamento de rádio para ouvir o rádio da polícia, coisa que Peter não fazia habitualmente.

Uma diferença a se considerar é que nessa edição Otto encontra a nova versão do Sexteto Sinistro, e diferente do Aranha, que distribuía socos e ponta pés, improvisava durante as lutas, usava suas teias para se defender e atacar os inimigos, Otto chega a abandonar a luta em determinado ponto para pensar em uma nova estratégia que lhe desse maior vantagem.

Na primeira edição teremos o novo Sexteto Sinistro

Na primeira edição teremos o novo Sexteto Sinistro

Outra diferença é que Otto não é como Peter em uma luta, ele não se controla, ataca para machucar.

Como havia de ser, temos um Aranha mais capaz de fazer o que for preciso para conseguir seus objetivos sem ficar se preocupando muito com a vida de inocentes.

Segundo Dan Slott, Superior Homem-Aranha tem potencial para render grandes estórias por um bom tempo. Mas eis que surge um fato que pode complicar a vida do roteirista.

Agora começam os spoilers!

Dentro de Otto a consciência de Peter continua viva. Isso explica o porquê do Homem-Aranha salvar um policial que seria atacado pelo Sexteto Sinistro, sem ao certo saber por que fez isso.

Manter a mente de Peter dentro de Otto seria uma forma de desfazer a troca caso a idéia de Dan Slott desse errado? Eu acredito que sim!

A consciência de Peter Parker vive em Otto

A consciência de Peter Parker vive em Otto

Os fãs do homem-Aranha são um tipo especial de fãs, como por exemplo, nos anos 80 enviaram cartas à Marvel exigindo que o Aranha abandonasse o uniforme negro e voltasse com seu tradicional uniforme azul e vermelho (eu particularmente ainda defendo as teias em baixo do braço).

Outro problema é o fato de que já que a mente de Peter está viva, pra que ler Superior Homem-Aranha? Melhor deixar passar essa fase, já já a Marvel cai em si e desfaz essa troca, seria esse um pensamento dos fãs do Cabeça de Teia?

Superior Spider-Man 1, seria o início do fim? A resposta quem dará será o leitor!

Para quem não quiser esperar a revista chegar ao Brasil, pode comprá-la neste site: Comixology.

Deixe uma Resposta

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

© 2017 Mochileiro Digital.

Compartilhe: